Livro Manejo de Fragmentos Florestais Degradados está disponível para baixar gratuitamente

  • Publicado: 24 de maio de 2019

Livro Manejo de Fragmentos Florestais Degradados está disponível para baixar gratuitamente

A Fundação José Pedro de Oliveira em conjunto com a The Nature Conservancy lançou o livro “Manejo de Fragmentos Florestais Degradados” no dia 15 de março. Na ocasião foram distribuídos 200 exemplares, custeados pela The Nature Conservancy para os autores e instituições que atuam na temática da publicação. Este livro agora está sendo disponibilizado para download gratuito.

 

BAIXE AQUI - Livro “Manejo de Fragmentos Florestais Degradados”

 

A publicação é resultado de um trabalho desenvolvido a partir de uma série de debates realizados com especialistas de diversas instituições que tratam da restauração e conservação de remanescentes de Mata Atlântica.

 

“Este livro é uma ferramenta importante de planejamento e gestão não só para a Arie Mata de Santa Genebra, mas também para áreas protegidas como um todo. Ele contribuirá para o direcionamento e o aprimoramento da tomada de decisões dos órgãos gestores, sejam estes públicos, privados ou do terceiro setor, visando a melhoria da qualidade ambiental dos fragmentos florestais, bem como das estratégias de conservação”, explicou Sabrina Martins, diretora do Departamento Técnico Científico da Fundação José Pedro de Oliveira.

 

Segundo Laís Assis, bióloga da FJPO, o livro também busca trazer subsídios para uma gestão mais efetiva das áreas protegidas, contribuindo para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o manejo e a conservação dos fragmentos florestais.

 

A elaboração do livro teve início em 2013 e contou com a participação de especialistas de diversas instituições que trabalham com restauração e preservação de fragmentos florestais. A publicação representa a primeira tentativa de reunir as diferentes iniciativas e experiências sobre o tema.

 

O livro está dividido em seis capítulos: 1 – Aspectos legais do manejo de fragmentos florestais para conservação e restauração; 2 – Fragmentação de habitat; 3 – Diagnóstico de fragmentos florestais degradados como subsídio para manejo adaptativo: proposta de avaliação ecológica rápida para a floresta estacional semidecidual; 4 – Conservação de trepadeiras no contexto de restauração de fragmentos florestais degradados; 5 – Métodos de manejo de fragmentos florestais: revisão da literatura e proposta para orientar a prática; e 6 – Monitoramento ecológico de fragmentos florestais: uma proposta inicial de protocolo.

 

Para o presidente da FJPO, Sinval Durigon, “com o lançamento dessa publicação inédita, a Fundação José Pedro de Oliveira está dando um importante passo na difusão de conhecimento e no fomento à pesquisa aplicada, contribuindo com a conservação das florestas.”